Esse tal de desmame noturno é difícil demais!!

Sim, é mesmo. Como tudo tem sido, né? Ter filhos é uma delícia, a melhor coisa do mundo, mas é um desafio atrás do outro! E quem não se sente sozinha e perdida em alguns momentos?

Quando escrevi os primeiros livros da Coleção Conto com Você – para condução de desmame – foi pensando exatamente nisso: em te fazer companhia em um momento transformador, de mudança e despedidas.

Quando a gente decide fazer o desmame noturno, estamos bem animadas com a possibilidade de voltar a dormir a noite toda. E pode ser mesmo que isso aconteça. Se seu filho/a estiver preparado para a mudança, é provável que se adapte rapidamente e passe a dormir muito melhor. Mas algumas crianças demonstram uma dificuldade a mais e, além de continuarem acordando, demoram muito mais para adormecer novamente, sem a ajuda do peito.

Por isso, além dos sinais de prontidão do seu bebê, precisamos saber se VOCÊ também está pronta para isso. Algumas mães contam com ajuda na madrugada, para que – já que não vão amamentar – elas possam dormir algumas noites inteiras e a outra pessoa vai acalmar o bebê nos despertares. Mas, quando a mãe está sozinha no turno da noite, pode mesmo parece mais fácil ceder aos protestos e dar de mamar, para que a criança (e a mãe) volte a dormir logo.

Por isso, você precisa ter confiança que tomou a melhor decisão para todos e que realmente quer seguir com o desmame noturno. Às vezes, o processo demora mais do que o que você estava imaginando, mas uma hora dará certo. E isso pode acontecer mais cedo do que aconteceria se você tivesse optado por seguir amamentando na madrugada até seu filho, naturalmente, dormir a noite toda.

O livro Mamar quando o sol raiar é uma ferramenta de apoio na condução do desmame noturno, mas não deve ser usado isoladamente.

Nunca tente forçar o desmame de uma criança que ainda não está pronta, ou o processo pode ser muito cansativo e até traumatizante para mãe e filho. Se você sentir que precisa de uma ajuda a mais para estabelecer a nova rotina, converse com uma consultora de sono. Quem sabe, mudando algumas coisas na rotina noturna, seu filho não aprenda a dormir sem interrupções. De qualquer forma, ler o livro com ele ajudará muito no processo, em um momento só entre vocês dois, de calma e relaxamento, vão ser envolvidos pela história e conversar sobre a noite que virá. A criança terá muito mais facilidade para lidar com a mudança na rotina ao saber, por meio da história e ilustrações, o que a espera pela madrugada afora.

Boa noite a todos!!

Beijos,

Fernanda

Adicionar comentário